sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Dinâmicas de grupo

São ferramentas de formação e organização, que permitem a criação e recriação do conhecimento.

Servem para:
Para levantar a prática;
Para incrementar um caminho de teorização sobre esta prática como processo sistemático, ordenado e progressivo.
Para retroceder á prática, transformá-la, redimensioná-la.
Para incluir novos elementos que permitem explicar e entender os processos vividos.

Elementos de uma dinâmica:
* Objectivos: Quem vai aplicar a dinâmica deve ter em mente o que se quer alcançar.
* Materiais -recursos: Que ajudem na execução e na aplicação da dinâmica.
* Ambiente -clima: O local deve ser preparado, para que possibilite a aplicação da dinâmica onde as pessoas consigam entrar no que está a ser proposto.
* Tempo determinado: Deve ter um tempo exacto, com início, meio e fim.
* Passos: Deve-se ter clareza dos momentos necessários para o seu desenvolvimento, que permitam chegar ao final de maneira clara.
* Número de participantes: É importante saber quantos vão ser os participantes porque assim ajudará a ter uma previsão do material e do tempo para o desenvolvimento da dinâmica.
* Perguntas e conclusões: Que permita recuperar a experiência, avaliando o que foi visto, os sentimentos e o que se aprendeu. O momento da síntese final permite fazer uma avaliação.

1 comentário:

animusetanimadixit disse...

hummmm...mas que coisa! adorava saber o que é isso de levantar a prática! Prof. FM